Site Overlay

Alimentação ajuda no ciclo menstrual da mulher

A alimentação pode ser um aliado importante para as mulheres em diferentes estágios do ciclo menstrual. Do primeiro ao último período, uma alimentação equilibrada é essencial para regular o corpo e os hormônios. E como um cardápio saudável é fundamental no dia a dia das mulheres, a nutricionista Christiane Vitola compilou uma lista das melhores opções alimentares para cada momento que marca o ciclo de vida de uma mulher.

Como a alimentação pode ajudar no ciclo menstrual da mulher

Como a alimentação ajuda no ciclo menstrual

Saiba que produtos são indispensáveis para evitar os desconfortos de cada fase:

Primeira menstruação

A nutricionista Christiane explica que na primeira fase menstrual, além da ingestão de líquidos e do número de refeições, é importante uma dieta rica em grãos inteiros, frutas e vegetais. É importante fazer uma alimentação saudável várias vezes ao dia.

Na TPM

Após o primeiro período, a tensão pré-menstrual passa a fazer parte da vida de muitas mulheres e para reduzir os sintomas da TPM é importante manter uma dieta balanceada e investir na hidratação. De acordo com Christiane, é importante comer o que ajuda o corpo a produzir serotonina – o hormônio responsável pela sensação de felicidade e bem-estar – assim como alimentos que ajudam a aliviar a sensibilidade nos seios e neutralizar a retenção de líquidos.

Alimentos indicados: aveia; cereais integrais; verduras escuras; maracujá; semente de girassol; chocolate amargo; alface; banana; abacaxi; melancia; chá de hibisco, chá de cavalinha, chá de capim limão, entre outros.

Durante a menstruação

Além da perda de ferro, nesse período também é comum que a imunidade de algumas mulheres fique baixa. Para aumentar a imunidade e manter os níveis de ferro saudáveis no organismo é preciso consumir alguns alimentos específicos.

Alimentos indicados: alimentos integrais; hortaliças cruas; frutas; hortaliças verde-escuras, como couve, brócolis, rúcula, agrião; e carne vermelha magra, que é fonte de ferro e de zinco.

Durante a gestação

“Na gestação, a mulher deve se preocupar com a ingestão de alguns nutrientes específicos, como vitaminas do complexo B, ferro, ácido fólico e proteínas, além de várias vitaminas e minerais”, explica a nutricionista.

Alimentos indicados: ricos em ômega 3 – ajudam na formação cerebral do bebê; frutas; carboidratos integrais; vegetais verde-escuros; proteínas magras; tomar bastante líquido; evitar carnes cruas.

Na menopausa

Christiane explica que existem compostos nas plantas que imitam os efeitos do estrogênio no corpo. Estes são fitoestrógenos fenólicos e suas variações químicas são:

• Flavones encontrados na maioria das frutas e vegetais vermelhos e amarelos; • Isoflavonas encontradas em vegetais, lentilhas, grão de bico e soja; • Flavonóis, aqueles na maioria. ocorrem em frutas e vegetais vermelhos e amarelos; • Coumestans, em brotos jovens de vegetais; • Lignanas, que são encontradas na maioria dos cereais, frutas e vegetais, bem como na semente de linhaça.